Promoção à saúde: qual o papel das operadoras de saúde?

Promoção à saúde: qual o papel das operadoras de saúde?

A era digital é um momento que marca a vida das pessoas de forma bastante significativa. Atualmente, o acesso à informação tem contribuído muito para a promoção à saúde, uma vez que as pessoas passaram a se cuidar melhor, exercitar-se e, principalmente, a ter atitudes preventivas.

As operadoras de saúde, procurando acompanhar a nova proposta de saúde, querem oferecer serviços de qualidade aos seus usuários por meio de estratégias que mudem os hábitos de esperar o adoecimento para a prevenção e a promoção à saúde.

Então, quer entender, de fato, qual é o papel das operadoras diante desse novo modelo de saúde? Prossiga com a leitura deste post e obtenha informações valiosas!

Mas, afinal, o que é a promoção à saúde?

A promoção à saúde significa despertar, nas pessoas, o desejo de mudar a forma de viver, ou seja, viver com mais qualidade. Isso vai além de simplesmente livrar-se das patologias, envolvendo a saúde física e emocional. Em verdade trata-se de ações de prevenção às doenças ou de controle eficaz de doenças crônicas, levando a uma redução dos custos em saúde, por redução de internações hospitalares etc.

Nesse contexto, a saúde envolve cuidados e esforços que favoreçam mudanças de comportamento e de ambientes mais saudáveis, fatores que não eram relevantes.

Entretanto, a mudança de paradigma reformulou o conceito de saúde e propôs um sistema de cuidados mais humanizados, considerando, principalmente, a subjetividade de cada um e a capacidade de absorver e lidar com os seus problemas.

Qual é o papel das operadoras para a promoção à saúde?

O modelo ideal de gestão em saúde baseia-se na promoção à saúde e não apenas em oferecer suporte no tratamento das doenças. 

O papel das operadoras consiste especialmente na transformação dos comportamentos individuais, promovendo uma modificação na sua maneira de agir, pensar, resgatar a autoestima para encarar os desafios e procurar viver com mais qualidade, não esperando o adoecimento chegar para se cuidar.

Para atingir esse objetivo, os avanços tecnológicos são indispensáveis para as operadoras de saúde, uma vez que, além de modernizarem a operacionalização dos serviços, podem oferecer suporte aos usuários com serviços práticos e de fácil acesso, bem como informações sobre as vantagens de se cuidar antes de adoecer, a importância da mudança de hábitos etc.

Vivemos um momento de transição na saúde, abandonando o conceito retrógrado de saúde como ausência de doença e focando, especialmente, o caráter curativo, assumindo uma visão mais ampla em que os objetivos passam a ser o restabelecimento e a capacidade funcional.

Entende-se que os desafios para a promoção à saúde, junto à população, são inúmeros e com causas diferenciadas. Diante dessa realidade, é fundamental que as operadoras enxerguem o beneficiário não somente como um pagador. Na verdade, é papel delas prestar um acolhimento adequado e incentivá-los a adotar cuidados preventivos.

Quais os benefícios para a operadora?

As operadoras, ao promoverem a mudança de comportamento dos seus usuários e criarem estratégias preventivas, podem obter vantagens importantes para alavancar os seus resultados. Confira algumas delas a seguir!

 Maior qualidade de vida para o beneficiário

Acolhimento e cuidados preventivos possibilitam aos usuários mais alegria e o desejo de lutar pela vida, seu bem mais importante.

Redução dos gastos com saúde

A promoção à saúde, além de oferecer uma vida com maior qualidade, reduz as despesas e garante a fidelidade dos usuários. Além da melhoria dos índices de sinistralidade e, futuramente, um incremento nas vendas.

Identificação do risco antes da ocorrência

Por meio dos recursos tecnológicos, como Analytics e Big Data, possíveis riscos na saúde são previamente detectados, possibilitando tratamentos adequados no momento certo. Com este intuito, sistemas como o SAUDI é uma excelente fonte de dados detalhados para análise de prevenção de riscos.

Ao longo do texto, foi mostrada a importância da promoção à saúde, que vem transformando a maneira de cuidar das pessoas. No entanto, as operadoras de saúde proficientes procuram adequar-se à nova realidade e sair na frente.

Então, gostou de descobrir a importância da promoção à saúde? As informações contribuíram para a sua tomada de decisão? Está disposto a obter mais informações sobre esse tema? Que tal ler outro texto nosso sobre inovação e saúde e as tendências para as operadoras de saúde? Não perca!

Sem Comentários

Envie um Comentário