Operadoras de plano de saúde: como otimizar processos de auditoria?

Operadoras de plano de saúde: como otimizar processos de auditoria?

A auditoria médica é, sem sombra de dúvidas, um dos processos mais importantes para o setor financeiro de um plano de saúde. Além de ser responsável por regular a liberação de procedimentos e materiais, ela também intermedia o contato com o médico — por isso, é fundamental saber como otimizar processos nessa área.

Processos de auditoria mais eficazes podem reduzir o custo da cobertura e desafogar as contas da operadora. Além disso, trazem mais confiança ao médico assistente e conferem credibilidade para o plano de saúde.

A seguir, falaremos de algumas maneiras simples e eficazes que podem ajudar nessa tarefa. Você verá que, embora a auditoria médica seja um setor burocrático e técnico, pequenos ajustes podem trazer grandes resultados. Continue conosco para saber mais!

Utilize a ciência de dados

Cada vez mais, há uma necessidade de antecipar glosas e prever resultados negativos na gestão de planos de saúde. Para isso, é necessário que a administração esteja acostumada a lidar com os dados que já tem e a compreender, de forma macro, a distribuição da rede.

A tecnologia não avança apenas em softwares e equipamentos mais potentes: ela também auxilia na obtenção e na análise de quantidades expressivas de dados, que fazem toda a diferença para um gestor. É possível evidenciar, por exemplo, solicitações de materiais em áreas geográficas específicas e atentar para uma mudança no perfil — ela acontece devido a uma nova epidemia ou à falta de outras opções terapêuticas? Apenas uma análise estatística pode fornecer essa resposta.

Automatize seus processos

A auditoria médica necessita de um mecanismo de triagem: afinal, se a operadora custear uma auditoria para cada solicitação, ela gastará excessivamente com um serviço logístico. A triagem, por si só, já apresenta um grande avanço para otimizar processos na área, mas, se você ainda a realiza de forma física, há muito a melhorar.

Atualmente, é possível realizar a triagem de auditorias de forma automatizada e digital. A configuração é simples: basta que você alimente um software com os materiais e procedimentos cobertos pelo plano, e em quais situações. Assim, ele separará aqueles que cumprem os requisitos daqueles que não cumprem — e enviará esse último grupo para uma análise individual dos auditores.

Invista em acessibilidade

Um dos grandes empecilhos do setor de auditoria é o atraso de procedimentos que dependem dele. Por isso, esforços que aumentam a velocidade dos auditores desafogam a fila de processos e trazem maior satisfação ao cliente e ao médico. Uma das maneiras mais eficazes de fazer isso é investindo em acessibilidade.

Mesmo que você utilize o meio digital para redigir os pareceres dos auditores, ainda há um novo patamar a ser alcançado. É possível, por exemplo, armazenar os documentos na nuvem e disponibilizá-los para smartphones e tablets. Assim, você insere o fluxo de documentos no cotidiano dos auditores — e, consequentemente, facilita seu trabalho. Ao final, saem ganhando o médico, o paciente, o auditor e a gestão da operadora.

Otimizar processos da auditoria médica é um trabalho diário e constante. É necessário analisar cuidadosamente como seu fluxo é organizado e identificar possíveis focos de melhora. Para isso, a tecnologia e a inteligência artificial podem ser fatores determinantes para o seu sucesso.

Se você quer saber mais sobre como otimizar processos da auditoria médica, que tal assinar nossa newsletter? Estamos sempre falando a respeito aqui no blog!

Sem Comentários

Envie um Comentário