Conheça as tendências tecnológicas mais utilizadas no setor da saúde

tendência tecnológicas no setor da saúde

Conheça as tendências tecnológicas mais utilizadas no setor da saúde

Hoje vamos apresentar as tendências tecnológicas mais utilizadas no setor da saúde, onde a cada ano é possível acompanhar mudanças significativas. Dessa forma, as empresas líderes em softwares e soluções já estão se redefinindo com a transformação digital, aplicada às suas principais áreas funcionais com abordagem centrada no cliente.

Continue a leitura e confira as tecnologias que já são tendência no setor de saúde:

Inteligência artificial

O desenvolvimento de máquinas de Inteligência Artificial (IA) – que podem processar informações e fornecer dados de tomada de decisão de maneira semelhante ao que um ser humano faz – deu origem a um setor inteiramente novo de tecnologias inovadoras na saúde. Os aplicativos de IA podem melhorar a velocidade e a precisão do processo de diagnóstico por exemplo.

A análise também pode identificar desenvolvimentos preocupantes e permitir que os profissionais comecem a olhar para possíveis abordagens para o tratamento precoce. Os algoritmos de aprendizado de máquina também são utilizados para explorar com segurança as interações químicas e biológicas no processo de descoberta de medicamentos, trazendo novos medicamentos ao mercado com mais rapidez.

O potencial da IA e de outras tecnologias para criar sinergias que geram transformação digital na área de saúde é imenso. Dispositivos móveis e sistemas irão aumentar o tamanho dos conjuntos de dados disponíveis para serem analisados pelo software de IA. Espera-se que o grande ecossistema se torne significativamente mais interdependente à medida que a indústria avança.

Chatbots

Lidar com consultas de rotina usando sistemas de mensagens e voz apoiados por IA pode ajudar as organizações a economizar custos. Na área da saúde, a capacidade de abordar problemas facilmente diagnosticáveis permite que os profissionais se concentrem em questões que podem exigir a atenção total do médico. Os pacientes também se beneficiam com a sensação de que simplesmente perguntas foram respondidas.

Os chatbots também podem ser benéficos para práticas que lidam com pacientes mais velhos. Um personagem pode ser criado para servir como um assistente para fornecer lembretes amigáveis. Ao se conectar com outras tecnologias, como análises e IA, o assistente pode até alertar sobre potenciais interações medicamentosas.

Os chatbots já estão revolucionando o mundo dos negócios e também devem ser uma grande parte da transformação digital na área de saúde. É preciso prestar atenção a alguns dos riscos. Os sistemas automatizados não devem ser vistos como substitutos das opiniões de especialistas, especialmente quando os riscos incluem ameaças aos pacientes. Qualquer sistema de chatbot estará sujeito às mesmas regras que regem o resto da indústria.

Blockchain

O blockchain é um sistema distribuído de gravação e armazenamento de registros transacionais que, por sua natureza, pode aumentar a segurança e privacidade dos dados. Com o blockchain, os registros de transações são armazenados e distribuídos por todos os participantes da rede, em vez de em um local central, criando um ambiente de imutabilidade perfeito para bloquear registros de saúde e dados confidenciais de pacientes.

O setor de saúde está despertando para as oportunidades que o blockchain pode trazer. Como o blockchain é um modelo que promove o compartilhamento de dados, a tecnologia pode ajudar médicos e outros provedores de saúde a fazer diagnósticos melhores e mais precisos e prescrever tratamentos mais eficazes.

Juntos, esses benefícios podem ajudar a reduzir os custos dos cuidados de saúde e, ao mesmo tempo, aumentar a satisfação do paciente. Além disso, a tecnologia blockchain permite que os profissionais compartilhem seus dados sem medo de comprometer a segurança dos dados, já que os dados do blockchain são imutáveis e todas as alterações feitas nos dados podem ser rastreadas.

O Blockchain tem uma infinidade de utilizações na área de saúde, além do diagnóstico e tratamento, desde o controle da medicação do paciente até a proteção de assinaturas digitais em registros eletrônicos de operadoras de planos de saúde. Cada um tem o potencial de interromper as tecnologias tradicionais, com melhores resultados para segurança de dados e acesso.

Paperless

A digitalização otimiza desde a busca de informações até os trâmites empresariais. Contribui para melhor gerenciamento das ações, facilita as tarefas, o acesso a prontuários, reduz a quantidade de erros médicos, agiliza o intercâmbio de informações entre instituições e aumenta a produtividade dos funcionários. Consequentemente, gera rapidez na tomada de decisão.

Por meio de um banco de dados digital, é possível visualizar melhor o histórico de cada paciente, verificar os exames solicitados por diferentes profissionais, identificar os que já foram feitos e até mesmo controlar e evitar erros na indicação da dose dos medicamentos.

Software de gestão para operadoras de planos de saúde

Os softwares de gestão são sistemas informatizados que ajudam na administração e no controle dos processos de uma empresa. São ferramentas destinadas a manterem a saúde financeira de um negócio. Quando falamos do setor da saúde, são comumente usados pelas operadoras de planos de saúde suplementar.

Uma boa solução desse tipo automatiza os processos de auditoria das contas médicas e hospitalares e acaba fornecendo uma visão mais clara e completa para os dois lados, operadoras e prestadores de serviço, atuarem de forma mais eficiente, otimizando os processos, aprimorando o relacionamento e, obviamente, reduzindo os custos.

Utilização da nuvem

Uma variedade de plataformas baseadas em nuvens públicas, privadas e híbridas estão disponíveis para o compartilhamento de arquivos. As organizações de saúde estão tentando atender à necessidade de construir, administrar e manter uma infraestrutura para as necessidades de manutenção de registros. Assim, a computação em nuvem se torna uma escolha atraente para tecnologia digital na área de saúde.

Pacientes e provedores de saúde tendem a obter melhor acesso aos registros por meio de soluções baseadas em nuvem e tornam os processos mais conveniente. Todos os sistemas de nuvem pública acessam uma ampla variedade de fontes genéricas de informações de saúde e permitem o armazenamento e a recuperação dos dados da organização.

Os sistemas de nuvem privada podem ser utilizados para requisitos mais sensíveis à segurança, como pedidos de farmácia, contas de pacientes e consultas médicas. Soluções locais e hospedadas estão disponíveis na esfera de hospedagem em nuvem privada.

Contudo, em termos de desvantagens, o controle vem com maiores responsabilidades para distribuir atualizações de software, manter o controle sobre protocolos de segurança e manter o hardware. As soluções hospedadas geralmente oferecem mais flexibilidade e custos mais baixos.

As tecnologias inovadoras de saúde continuarão sendo a base para a transformação digital dos negócios neste setor. Sendo assim, busque sempre empresas que são comprometidas com eficiência e que poderão oferecer o melhor resultado, como, por exemplo, o SAUDI, que possui um sistema completo de auditoria de contas médicas, desenvolvido especialmente para gestores e executivos da área.

 

Sem Comentários

Envie um Comentário